“A coisa mais fácil de ser no mundo é você. A coisa mais difícil de ser é o que as outras pessoas querem que você seja”. Leo Buscaglia.

Em 04/12/2021, a Tigrinhos Comunidade – Educando Educadores Sociais finalizou sua proposta de formação do ano. Após um ano tão conturbado e pandêmico como o que passamos, nada melhor do que falar sobre um tema tão pertinente como o que Foriston Keler e Aline Gama, parceiros, amigos e palestrantes da TCEES promoveram como reflexão juntamente aos educadores sociais participantes.

Quando falamos de ansiedade estamos falando de desconforto físico e psico uma ausência de tranquilidade medo receio condição emocional de sofrimento definida pela expectativa de que algo inesperado e perigoso aconteça, diante da qual o indivíduo se acha indefeso. Vivemos num momento delicado de nossa sociedade onde percebemos que durante essa pandemia despertou alguns sentimentos adormecidos dentro das pessoas.

Com a chegada desse novo normal e a instabilidade econômicas e social que temos enfrentado, isso tem gerado uma certa ansiedade nas pessoas. Segundo a OMS 33% da população sofre de ansiedade, e percebemos que nem todos estão sabendo lhe dar com está dificuldade, até mesmo em separar uma ansiedade normal de um transtorno de ansiedade.

Sendo assim a importância de lhe dá com as dificuldades e adversidades relacionado a momento específico de nossas vidas e algumas técnicas podem ajudar perante esses movimentos, como as técnicas de: respiração, os exercício físicos, musicoterapia e tudo que lhe faça sentir bem, valorizando seu eu, e não deixando que as expectativas que as pessoas colocaram em você seja eu objetivo principal e sim você mesmo.

Vale ressaltar que foi um momento muito rico de trocas e orientações e um imenso prazer poder contribuir para uma melhor saúde mental de todos!

Texto: Foriston Keler Gama

Abaixo imagens deste encontro:

 

Aos queridos Foriston e Aline, fica aqui o registro de nossa gratidão pela parceria e confiança em nosso trabalho.

Acesse ainda:

Certificados da Palestra

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.